fbpx
Abstract blur and defocused bookshelf in library interior for background

Ministro da Educação inaugura novo campus universitário na Bahia

Campus Jorge Amado, localizado entre Ilhéus e Itabuna, foi construído com recursos do Governo Federal e utilizando técnicas de sustentabilidade.

O ministro da Educação, Victor Godoy, inaugurou nesta sexta-feira (6), o Campus Jorge Amado da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), em Itabuna. O valor do investimento foi de aproximadamente R$ 61 milhões. 

O novo campus, que está localizado entre as cidades baianas de Itabuna e Ilhéus, atenderá cerca de 5 mil estudantes da região. Segundo o ministro Victor Godoy, a universidade tem potencial para receber 8 mil estudantes ainda este ano.   

“Essa é uma obra que traz para a região esperança, um local que irá reunir toda a estrutura para estudantes, docentes e a rede acadêmica. Foi uma estrutura muito bem pensada, com a utilização de técnicas sustentáveis, com energia renovável, tratamento de esgoto, separação de água, mas principalmente com a capacidade de ampliação de cursos, de estudantes”, afirmou o ministro. 

Durante a inauguração, Victor Godoy destacou as ações do Ministério da Educação (MEC) no desenvolvimento e fortalecimento da rede superior de ensino no país. “Somente em 2021, o MEC disponibilizou mais de 1,3 mil vagas de docentes para as nossas universidades; mais de 900 vagas de técnicos acadêmicos; ampliamos a assistência estudantil, que havia tido um decréscimo em 2019, recompondo esse valor para 2022, o que está em torno de mais de R$ 1 bilhão; e anunciamos também, este ano, mais 3 mil bolsas permanências para indígenas e quilombolas”, enfatizou.   

Com uma área que abrange seis hectares, a nova unidade foi construída com diferentes tecnologias que promovem redução de gastos e reaproveitamento de recursos. Foram utilizadas técnicas de aproveitamento da iluminação e ventilação naturais, bem como a proteção das fachadas e cobertura da incidência solar de modo a reduzir a carga térmica da edificação. 

Outras técnicas empregadas são o pavimento permeável, a segregação das águas residuárias, o tratamento de esgoto biológico, o aproveitamento de águas cinzas (qualquer água residual não industrial originada a partir de processos domésticos como lavar louça, roupa e tomar banho), amarelas (originadas do uso de vaso sanitário e mictórios) e de água da chuva. 

Os edifícios também estão dotados de painéis fotovoltaicos instalados nos terraços para geração de energia elétrica e de paisagismo com plantas da Mata Atlântica do sul da Bahia. 

Estiveram presentes na inauguração o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas; o subsecretário de Planejamento e Orçamento do MEC, Aldalton Rocha; a reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia, Joana Guimarães; demais autoridades e parlamentares.

Fonte: MEC

Assessoria de Comunicação da MEC com informações da Sesu

Capacitadores
ICON Educacional

Bem vindo professor(a)!
A ICON Educacional vem à comunidade acadêmica com uma proposta de: Integrar CONhecimentos para garantir uma formação técnica e social por meio do desenvolvimento de competências gerais e profissionais.